Tel.: (11) 4963-2333 | 2885-6222 | 9 6248-0265 (OI)  
                 
clinica@equilibriovital.med.br  
     
     
    CRP/SP n°4630/J


Por que será que não consigo chegar ao orgasmo?

< Voltar

Quero conversar com vocês sobre a Anorgasmia que é uma disfunção sexual feminina. É quando a mulher não consegue chegar ao orgasmo nem com o parceiro e nem se masturbando, causando angústia pessoal.

A mulher precisa dar importância à sua sexualidade, seja em um relacionamento homossexual e/ou heterossexual, tocar o próprio corpo, se descobrir sexualmente e saber que parte do seu corpo lhe dá prazer. Conhecendo o seu corpo e facilitando o diálogo com o(a) parceiro(a), dizendo a ele(a) o que gosta mais, o que está faltando na relação sexual em busca da satisfação de ambos.
 

Quais são as conseqüências resumidas de não ter orgasmo:
• Sentimentos de culpa em relação ao sexo, por parte da mulher;
• Falta de técnica do parceiro;
• Diminuição da auto-estima;
• Diminuição da lubrificação;
• Diminuição do desejo sexual;
• Fuga do relacionamento sexual;
• Infidelidade e conflitos conjugais.

Quais as causas resumidas da anorgasmia: • Bloqueios emocionais;
• Educação repressora que desde a infância se associa à sexualidade a uma imagem negativa;
• O medo de "perder o controle" e de se "entregar";
• Dificuldade de se concentrar na relação sexual, pela ansiedade e a preocupação se vai atingir o orgasmo ou não;
• Vivência de violência sexual e/ou experiência traumática em relacionamentos anteriores;
• Uso de substâncias químicas como: drogas ilícitas e lícitas; drogas psicoativas (sedativos, antidepressivos, ansiolíticos em alta dosagem e    etc);
• Doenças que comprometem a irrigação ou vascularização da região genital e/ou pélvica;

A rotina e o desgaste emocional do casal pode decorrer a falta de desejo. Mesmo amando seu parceiro(a), a mulher não sente vontade de ter relação sexual com ele(a). Algumas mulheres que justamente apresentam essa disfunção sexual (anorgasmia), sentem dificuldade de se aproximar dos homens e se distanciando da sua própria sexualidade.


Formas de Tratamento

• 1º) Passo: Ir regularmente a ginecologista, verificar se não é uma causa orgânica;
• 2º) Passo: Buscar um tratamento especializado com Terapeuta Sexual, onde vai orientar que a saúde feminina vai além do bom    funcionamento dos órgãos reprodutores, os fatores psicológicos também afetam a qualidade de vida sexual do casal. (Psicoterapia    Individual e/ou Casal).
Pense nisso

  "O orgasmo não chega do nada, é preciso aprender a conquistá-lo e se permitir também".  

Simone Alves de Melo CRP 06/53844-06 Psicóloga com especialização em Transtornos Alimentares - Terapeuta com especialização em Abordagem Corporal e Florais de Bach.

< Voltar

Clínica Equilíbrio Vital

Rua Dr. Angelo Vita, nº 64 - 1º Andar - Sala 106 - Centro - Guarulhos/SP.
CEP 07110-120 - Fone: (11) 4963-2333 / 2885-6222 / 9 6248-0265 (OI)


Desenvolvido por CWD Internet